Skip to content
12 de dezembro de 2015 / Cooperativa da Música Potiguar - COMPOR

FIM

Lá se vai …
Lá se vai a composição …
Lá se vai, a compor
Uma paisagem, passante
Cantante como o cio do trem
Correndo no som dos trilhos
Dessa para outra estação:

A música tá na ideia.

Feliz 2016
a todos vocês.

ESSO

COMPOR Ass Final (dez 2015)

COMPOR  *1º/08/2011 – †08/12/2015

 

 

Anúncios
30 de julho de 2014 / Cooperativa da Música Potiguar - COMPOR

COMPOR PROMOVE II º CICLO DE CINEMA MUSICAL EM AGOSTO

2 Ciclo Cinema Musical_CARTAZ.cdr

A COMPOR – Cooperativa da Música Potiguar – promove em agosto o IIº Ciclo de Cinema Musical, mostra audiovisual em parceria com a ABDeC/RN e o Cineclube Natal que irá exibir filmes relacionados ao universo da música. O evento visa estimular a participação dos profissionais ligados aos setores artísticos envolvidos e abrindo oportunidade para discussões pertinentes aos estágios de produção desses meios, bem como oportunizando ao público presente momentos de descontração e lazer.

Em 2014, o IIº Ciclo de Cinema Musical acontecerá entre os dias 05 e 09 de agosto, sendo as exibições de terça (05/08) a sexta (08/08) das 18h30 às 21h30, no auditório do IFRN Centro – Liceu das Artes (Av. Rio Branco, 743). No sábado (09/08) o programa se desloca para o Ateliê bar & petiscaria, onde encerra-se com a exibição de curtas locais e uma mesa de debate capitaneada por Érica Lima e Ruy Rocha, seguida de uma festa com música.

Entre os objetivos do ciclo está o de apresentar uma panorâmica da atual produção audiovisual voltada para a música potiguar, exibindo clipes e curtas feitos por realizadores do RN, além de longas documentais e/ou biográficos nacionais (programação anexa). A atividade também marca o dia do documentário (07/08), comemorado em todo Brasil em alusão ao nascimento do cineasta brasileiro Olney São Paulo.

Para compor a parceria necessária à realização do IIº Ciclo de Cinema Musical de Natal, a Cooperativa da Música Potiguar, através do seu Núcleo de Produção Cultural está associada a ABDeC/RN, Cineclube Natal, IFRN e Brasig, responsáveis pela viabilidade do evento, que terá entrada gratuita à população em geral e ao seu público fim, boa qualidade de áudio e imagem nas projeções, além de espaços apropriados para as exibições e posteriores debates.

(programação)

05/08/2014 – Terça
Som Sem Plugues (clipes locais, 30min)
Tropicália (Marcelo Alencar, 87min)

06/08/2014 – Quarta
Independência na Terra do Sol (H. Morais e R. Correia, 21min)
Jorge Mautner – O Filho do Holocausto (P. Bial e H. D´Alincourt, 93min)

07/08/2014 – Quinta
Relatos de Uma Cena Anarcopunk (César Medeiros, 23min)
Filhos de João, O Admirável Mundo Novo Baiano (Henrique Dantas, 75min)

08/08/2014 – Sexta
O Estado da Arte da Fuleragem (Luiz S. Ramos e J. Martins, 35min)
A Orquestra dos Meninos (Paulo Thiago, 95min)

09/08/2014 – Sábado (19h30)
Exibição Curtas Realizadores Potiguares
Debate: Audiovisual e Música – Os Desafios da Prática
(com Ruy Rocha e Érica Lima)
Festa de Encerramento
Ateliê bar & petiscaria (Ribeira)

30 de abril de 2014 / Cooperativa da Música Potiguar - COMPOR

GRUPO FRANCÊS LA TALVERA ENCONTRA MÚSICOS EM NATAL

Imagem

A COMPOR – Cooperativa da Música Potiguar receberá em Natal na próxima sexta (02 de maio) um grupo de músicos e pesquisadores do sul da França que estão em viagem oficial pelo nordeste brasileiro. A atividade compreende um bate-papo sobre o trabalho desenvolvido pelo grupo, além de uma mini-apresentação na Sala da Lutheria do IFRN da Cidade Alta.

O encontro acontecerá entre as 14h e 17h e é aberto a qualquer interessado na mistura de culturas, sendo uma oportunidade para a abertura de diálogo entre diferentes gêneros e estilos musicais, no caso a cultura occitan e a nossa.

 

GRUPO CORDAE/LA TALVERA

Sala da Lutheria IFRN – Liceu das Artes

Av Rio Branco, 743 – Cidade Alta

02 Mai 2014, 14h às 17h

30 lugares

+ info: (84) 9606 1926

http://www.talvera.org/

http://www.youtube.com/watch?v=fJonIWpFUak

http://www.youtube.com/watch?v=dQMp4SMNeLQ

23 de agosto de 2013 / Cooperativa da Música Potiguar - COMPOR

COOPERATIVA DA MÚSICA POTIGUAR CELEBRA 2 ANOS COM PROGRAMAÇÃO MUSICAL NA ZONA NORTE DE NATAL

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

            A Cooperativa da Música Potiguar irá oferecer ao público apreciador da música potiguar uma série de shows entre os dias 30 de agosto e 1º de setembro, sempre com início às 18h30, a acontecer na área de convivência do CCN, o Complexo Cultural de Natal. Em cada dia serão duas atrações, todas voltadas para o trabalho dos músicos que há exatos 2 anos fundaram a cooperativa, entidade que tem por objetivo profissionalizar o setor musical, gerando renda para os seus associados e oportunidades para divulgação de suas carreiras.

            A programação será aberta na sexta (30) por um trio instrumental formado por Ademir Adriano, Carlos Zens e Pedro Paulo, que darão as boas vindas aos presentes, sendo seguidos pelo show da cantora Lysia Condé e sua banda, na ocasião interpretando canções do repertório de Ivan Lins. Lysia está às vésperas de lançar o seu primeiro disco, onde revela seu gosto pelo canto refinado e repertório caprichado.

            No sábado (31) o músico cordelista José Acaci, acompanhado do grupo Flor de Jitirana é quem abre a noitada, com suas composições voltadas para o universo da cultura popular. Logo depois quem irá encher o ambiente de alegria é a cantora Nara Costa, num show em parceria com o sanfoneiro Zé Hilton. Os dois uniram seus talentos e experiências para homenagear o rei do baião Luiz Gonzaga e grandes compositores potiguares como Elino Julião, Zeca Brasil, Tico da Costa e o próprio Zé Hilton.

            E no domingo (1º), encerrando a maratona musical, o cantor/compositor Esso servirá na entrada o seu fumegante Café Estresse, um mini-show em que destila suas referências entrecruzadas pelo rock e pela bossa, abrindo o cardápio para o prato principal, a ser servido pelo Mad Dogs, banda natalense composta por um sexteto de experientes músicos com influências diversas. O grupo já mostrou seu trabalho por vários lugares do Brasil, Argentina e Inglaterra.

            Todos os dias terão entrada gratuita garantida à população através do apoio do Sebrae/RN, que vem consolidando sua parceria com o segmento musical potiguar através de diversas ações em conjunto com a cadeia produtiva do setor.

23 de agosto de 2012 / Cooperativa da Música Potiguar - COMPOR

UNÍSSONO, no TAM (30 Ago, 19h)

divulgação

 

Entrada Franca (pegar senha meia hora antes)

17 de maio de 2012 / Cooperativa da Música Potiguar - COMPOR

Adesão Novos Membros

Como já vínhamos prevendo, iremos abrir agora nesse último mês do ano o acesso a mais um grupo de interessados em participar da cooperativa.

O candidato poderá baixar a ficha de adesão no link abaixo deste texto. A ficha deverá ser preenchida e assinada pelo candidato e também por um dos cooperados já integrantes da Compor.

Aos mais desavisados, uma cooperativa é um empreendimento coletivo, que demanda muito trabalho e bastante responsabilidade. Leia e se informe sobre o assunto para se capacitar. E não cultive ilusões.

Principalmente, se disponibilize a participar do encontro que reunirá todos os interessados, a ocorrer no dia 04 de junho, das 17 às 20h, na Casa da Ribeira (R Frei Miguelinho, 52).

Um grande abraço, e até à vista!

ESSO ALENCAR, pte Compor

BAIXAR FICHA

25 de abril de 2012 / Cooperativa da Música Potiguar - COMPOR

COMPOR – UM POUCO SOBRE OS MUITOS

UM POUCO SOBRE OS MUITOS

Carlos Zens, potiguar, compositor, flautista, pesquisador musical, professor de música e cantor com cinco CDs gravados. Participou do Programa Senhor Brasil, exibido pela TV Cultura, em 2012.

Paulo Sarkis, músico instrumentista, compositor e arranjador. Membro da Orquestra Sinfônica do RN e da Banda Mad Dogs, pesquisa composição popular e ensino de música, quatro CD’s gravados.

Esso Alencar, compositor, cantor, instrumentista e autoprodutor com dois CD’s gravados. Em 2010 articulou junto a outros artistas do RN a criação da Rede Potiguar de Música – RPM.

Oswin Lohss é compositor e pianista, tem um trabalho autoral suave entre o erudito e o moderno. Fez a trilha sonora para a Elas & Companhia e atualmente trabalha com vários artistas potiguares.

Lysia Condé, cantora mineira, radicada em Natal desde 2007. Seu repertório abrange vários gêneros do universo musical brasileiro, como a modinha, o samba e o choro.

Nara Costa é cantora e atua na música potiguar há 23 anos, participou de vários projetos e festivais, recentemente divulgou na Itália seu novo CD Nara Costa em Cena.

Claudio Machado é carioca, guitarrista, compositor e educador artístico radicado em Natal desde 1994. Atuou como instrumentista e professor de música nas cidades de Belém-PA e Natal-RN.

J. Marcos é compositor e cantor potiguar e atua na música há 11 anos. Tem dois CD’s gravados. Atualmente desenvolve o projeto Musicando nas Escolas de São Gonçalo do Amarante.

Antônio de Pádua, compositor, multiinstrumentista, arranjador, bacharel professor e em música pela UFPB, com dois CD’s e um Dvd. Fabricante de pandeiros (AP).

Roberta Karin, percussionista, produtora cultural. Participou como instrumentista em diversos CD’s, atuou no musical O Ratinho Teobaldo e fabrica instrumentos musicais (Pandeiros AP).

Antonia Rodrigues, paulista, produtora de Carlos Zens. Engajada nos movimentos pró música potiguar, integrante da Rede Potiguar de Música e da Cooperativa da Música Potiguar – COMPOR.

Sara Fracchia, promotora da obra e memorial do compositor, violonista e cantor potiguar Tico da Costa (18 discos gravados) e do show-tributo anual Várias vozes, um só canto em homenagem ao musicista.

Rodrigo Cruz é produtor cultural, músico, bacharel em Publicidade e Propaganda, especialista em mídias sociais e publicidade digital, pós-graduando em Gestão Pública (UnP).

Elio Perez é produtor artístico e acompanha a trajetória da cantora mineira Lysia Condé desde 2010. Atualmente trabalha na produção fonográfica do primeiro CD comercial da cantora.

Cícero Mateus, produtor cultural potiguar, há 23 anos atua na área musical agenciando a carreira da cantora radicada natalense, Nara Costa.

Bruna Mara Wanderley, jornalista e produtora cultural. Atua na formação, acesso e discussão crítica sobre Artes e Cultura, de forma independente e associativa em coletivos culturais potiguares. 


25 de abril de 2012 / Cooperativa da Música Potiguar - COMPOR

Imagens da Semana Cultural da Música Potiguar


























































































































































25 de abril de 2012 / Cooperativa da Música Potiguar - COMPOR

Realizadores falam sobre a Semana Cultural da Música Potiguar



 


 
 
 



 
Foto: Luiz Nepomuceno
 
Esso Alencar – Coordenação de Produção


Semana Cultural da Música Potiguar foi como a Cooperativa da Música Potiguar – COMPORapresentou seu cartão de visitas após a sua oficialização. Com um programa que incluiu atividades nos três turnos, abrangendo curso para capacitação e discussões sobre temas inerentes ao universo profissional, o Evento contou ainda com o Ciclo de Cinema Musical, alinhando todo o seu conteúdo a questões relevantes que permeiam atualmente todos os que vivem e trabalham dentro da cadeia produtiva do setor. Temos em mente a manutenção da Semana dentro de uma regularidade, provavelmente com periodicidade anual. A nossa intenção é que ela se estabeleça, sempre crescendo, cada vez mais bem planejada e melhor executada.
 
 
 
Sobre Esso
 
 
Há duas décadas atuando com sua música autoral, o cantor/compositor (cantautor) iniciou sua carreira musical em Natal na banda Os Quatro (1991). Produziu e lançou os discos Bossta Nova  (Elephante Registros, 2006) Alma de Poeta (Projeto Pixinguinha, 2009) e integrou a coletânea do  coletivo Musiclube SP em 2007.  Membro fundador da Rede Potiguar de Música – RPM, e presidente da Cooperativa da Música Potiguar – COMPOR.
 
 
  
 
 
Foto: Arquivo pessoal
 

Sara Fracchia – Produção

 
Semana Cultural da Música Potiguar foi uma atividade pontapé de tantas outras que virão a acontecer, organizada pela nossa Cooperativa da Musica Potiguar – COMPOR. Contamos com uma excelente programação para públicos de interesses diversos, entre curso, discussões temáticas e cinema, para todos os gostos e horários, com convidados de renome e bem preparados. Sinalizamos também bons resultados, principalmente, o de dar continuidade a este tipo de ações. Para mim foi um prazer produzir e crescer com este trabalho, cativante mesmo.
 
 
 
Sobre Sara
 
Produtora do músico, violonista e cantor potiguar Tico da Costa, compositor de mais de 2.000 músicas, 40 anos de carreira internacional difundindo o Brasil, 18 discos gravados (EUA / Itália / Brasil / Paraguai), capa de revista e invejáveis críticas do The New York Times e outros jornais americanos, europeus e sul-americanos. Atualmente é a responsável pela organização e difusão do Memorial de Tico da Costa assim como promotora do show-tributo anual Várias vozes, um só canto em homenagem ao Artista.
 
 
 

 
Foto: Luana Reis
 

Bruna Mara Wanderley – Assessoria de Comunicação

 
Esta primeira atividade realizada pela Cooperativa da Música Potiguar – COMPOR, a Semana Cultural da Música Potiguar, foi uma bela oportunidade de fazermos por nossa Música em consonância com a sua cadeia produtiva. Foram cinco dias de atividades voltadas para o desenvolvimento daqueles que escolheram a Arte Música como seu trabalho e devoção. Durante uma semana tivemos curso, discussões setoriais e audiovisual para alimentar nossa sede e fome de saber e realizar mais. O mais bacana disso tudo são as pessoas e suas presenças, marcantes e inesquecíveis em seus detalhes únicos, compartilhados durante a semana na qual comemoramos os músicos potiguares e natalenses. Parabéns a cada um que já faz parte dessa história.



Sobre Bruna

 
Jornalista, Produtora Cultural e Radialista em formação. Atua na formação, acesso e discussão crítica sobre Artes e Cultura no Estado, de forma independente e associativa nos coletivos culturais potiguares Caminhos Comunicação e CulturaFórum Estadual do Audiovisual, Fórum Potiguar de CulturaRede Potiguar de Música e Cooperativa da Música Potiguar – COMPOR.
25 de abril de 2012 / Cooperativa da Música Potiguar - COMPOR

Semana Cultural da Música Potiguar – Conheça nossos convidados

 

Semana Cultural da Música Potiguar 

De 19 a 23 de Março de 2012

Conheça nossos convidados


Curso


Como Transformar sua Banda em uma Microempresa


 
Foto: Arquivo pesssoal
 
  Leonardo Salazar
 
 
Autor do livro Música LTDA.: O Negócio da Música para Empreendedores (SEBRAE), é especialista em Gestão de Negócios, bacharel em Jornalismo e técnico em Contabilidade. Também é empresário artístico da banda Novos Bossais e instrutor setorial de cultura do SEBRAE-PE. Leo Salazar trabalha com o negócio da música desde dezembro de 2001, são 11 anos nessa estrada. Durante sua caminhada, participou de aproximadamente 250 eventos musicais, em 70 casas de show e 36 festivais, passando por 36 cidades de 5 países e 2 continentes. Foi assessor de imprensa, assistente de produção, empresário/agente/produtor de artistas, promotor de shows, tour manager no Brasil e em alguns países da Europa, produtor fonográfico e sócio-administrador da própria microempresa de produção musical. Foi professor das disciplinas Empreendedorismo e Elaboração de Projetos Culturais do curso de Produção Fonográfica da faculdade AESO. Palestrante da Feira Música Brasil 2010. Atualmente ministra cursos, oficinas e palestras em todo o Brasil.
 


Discussões Temáticas



A Música Potiguar e as Razões de uma Política Cultural para o Setor


 
Foto: Arquivo pessoal
 

Francisco José Marinho
 
Funcionário da Fundação José Augusto (FJA) desde 1985, foi lotado no Centro de Promoções Culturais – CPC, inicialmente no Núcleo de Cinema e Vídeo, posteriormente, após a extinção deste setor, passou para a Chefia Cultural de Bandas de Música e Projetos Afins, onde trabalhou na implantação do Projeto Bandas de Música, que objetivou o registro, estudo e divulgação das Bandas de Música do Rio Grande do Norte. À frente do Setor, realizou 12 Seminários de Música, nos quais os instrumentistas do interior do Estado estabeleciam contato pessoal com músicos/instrumentistas renomados como o falecido trombonista paraibano Radegundis Feitosa, além de grandes nomes da música potiguar como Danilo GuanaisCláudio Galvão e Pe. Pedro Ferreira, por exemplo. A iniciativa mostrou aos integrantes das Bandas de Música distantes da Capital que era necessário estudar, que era possível transpor a situação sócio-econômica em que se viam inseridos, mudando seu contexto de atuação. Atualmente, chefia o Setor Administrativo da Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte (OSRN) e do Coral Canto do Povo.


 
Foto: Arquivo pessoal


Humberto Dantas, Maestro Bembem
 
Seu primeiro contato com a música foi ao escutar o violão tocado por sua mãe, Francisca Margarida Dantas, em São José do Seridó. Segundo o maestro, foi observando e  acompanhando as Bandas da região, assistindo os repentistas  e emboladores  que se apresentavam nas feiras livres, e ouvindo rádio, onde  adquiriu e consolidou-se a  sua compreensão sonora e rítmica. Fundador da Banda Filarmônica de Cruzeta, assumiu também a direção da Banda Sinfônica do Natal, entre tantas outras. Executou o projeto Bandas Filarmônicas da Juventude Solidária, com foco na juventude rural, dentro do Programa de Combate a Pobreza Rural (PCPR) do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD). Preside a Associação Musical e Cultural do RN (AMUSIC) e a União de Bandas do RN (UNIBAN-RN).

 
Foto: Arquivo Pessoal
 

Rodrigo Cruz
 
 
Produtor cultural, bacharel em Publicidade e Propaganda, especialista em Publicidade Digital e pós-graduando em Gestão Pública. Atualmente dirige a RP Produções, a Netuno Publicidade Digital e é editor do Portal RockPotiguar.com.br. Também é membro-fundador da Rede Potiguar de Música e segundo secretário da Cooperativa da Música Potiguar – Compor
 


Sindicalismo Musical na Atualidade


 
Foto: Arquivo pessoal
 

Paulo Sarkis
 

Paulista de Votuporanga-SP, mora em Natal há 24 anos. Contrabaixista, compositor e arranjador. Músico da Orquestra Sinfônica do RN, das bandas Mad DogsRibeira de Pau e Corda e Catita Choro e Gafieira. Vice-presidente do Sindicato dos Músicos Profissionais do RN (SINDMUSI-RN), vice-presidente da Cooperativa da Música Potiguar (COMPOR), coordenador do Fórum Permanente de Música (FPM-RN) e membro do Colegiado Setorial de Música do Minc/CNPC.
 

* A Música e o Cooperativismo – Interseções Possíveis


 
Foto: Luiz Nepomuceno 
 
Esso Alencar

 
Há duas décadas atuando com sua música autoral, o cantor/compositor (cantautor) iniciou sua carreira musical em Natal como vocalista da banda Os Quatro (1991), conduzindo um trabalho de dez anos à frente do grupo. Em São Paulo, produziu e lançou pelo seu próprio selo o disco de estréia Bossta Nova  (Elephante Registros, 2006), que foi apresentado com o show Instinto Dissonante. Também integrou ao lado de Pedro Osmar e outros músicos compositores o coletivo Musiclube SP, através do qual publicaram uma coletânea em 2007. Tendo sido selecionado pelo Projeto Pixinguinha, apresentou em 2009 o CD Alma de Poeta, seu segundo álbum de canções inéditas. Envolvido com a formulação de políticas culturais para as artes locais, articulou em 2010, junto a outros artistas do RN, a criação da Rede Potiguar de Música (RPM), a partir da qual foi criada mais recentemente a Cooperativa da Música Potiguar (COMPOR), qual é o presidente.
 
 

 
Foto: Alexandre Lopes
 

Makely Ka
 
Um dos principais compositores de sua geração, contando já com mais de oitenta canções registradas em CD por diversos intérpretes no Brasil e no exterior. Com os parceiros Kristoff Silva e Pablo Castro, lançou o CD A Outra Cidade (2003). Ao lado da cantora Maísa Moura gravou o CD Danaide (2006); Autófago (2008) é o seu primeiro trabalho solo. Em 2011 lançou seu mais recente trabalho, Cavalo Motor, de forma inovadora, através de um aplicativo para móbiles. É autor dos livros de poemas Objeto Livro (1998) e Ego Excêntrico (2003) e desde 2006 edita a Revista de Autofagia, voltada para a divulgação de literatura e artes visuais. É o fundador e conselheiro da Cooperativa da Música de Minas (COMUM) e representante do Estado nas instâncias governamentais, onde trabalha pela implantação de políticas públicas para o setor musical do País. Sua produção artística está diretamente relacionada à atuação política, através de ações ligadas ao cooperativismo, à economia criativa, a auto-gestão e à contra-indústria.
 
 
Direitos Autorais no RN


 
Foto: Arquivo pessoal
 

André Wlodarczyk


Advogado, especialista em Processo Civil e Direito Autoral (2000), Direito Cultural e do Entretenimento. Músico há 20 anos (bandas Fuksy FalutaXmaquinaPrimal e Grimpa), Wlodarczyc preside a Associação para Valorização da Cultura Regional Sul-Brasileira, é membro fundador do Fórum Nacional de Música (FNM – 2005), ex-coordenador do Fórum Permanente de Música do Paraná (FPM-PR), também foi delegado pelo estado do Paraná na reunião de formatação do Colegiado Setorial de Música – MinC (2005).
 


* Ciclo de Cinema Musical



 
Imagem: Arquivo pessoal


Henrique José Cocentino
 
 
Repórter fotográfico, antropólogo, videasta e professor universitário na UnP. Diretor da  Entidade Cultural ZooN, é um dos organizadores do Festival Goiamum Audiovisual



 
Foto: Arquivo pessoal
 

Ana Carmem Vasconcelos

 
Jornalista, graduanda em Rádio e Televisão e mestranda no Programa de Pós-graduação em Estudos da Mídia (UFRN). Atualmente pesquisa sobre Imagem Fotográfica e a Música Potiguar. Atua com produção independente na área da Fotografia e do Audiovisual.

 
Foto: Arquivo pessoal

Josenilton Tavares

Antropólogo, produtor pultural, membro da Comissão Normativa do Programa Municipal de Incentivos Fiscais Djalma Maranhão, consultor do SEBRAE para a área cultural, professor da Fundação José Augusto e consultor analista do Projeto de Elaboração dos Planos Estaduais de Cultura do MINC/UFSC. Atua nas áreas de gestão cultural, políticas públicas, empreendedorismo eprojetos culturais.
 

 
Foto: Cefas Carvalho


Nelson Marques

Professor Colaborador Voluntário na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN – Museu Câmara Cascudo), sócio-fundador do Cineclube Natal (2005), diretor e/ou membro do Conselho Curador, desde então, responsável pela Diretoria de Memória do Conselho Nacional de Cineclubes, co-responsável e  co-organizador do Goiamum Audiovisual, desde 2007. 



 
Foto: Arquivo pessoal
 

Byanca Vanderlei

Formada em Rádio e TV pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Participou ativamente do projeto universitário Toque de Rádio, onde iniciou com a locução, e depois passou a produzir e dirigir o programa que ia ao ar todos os sábados pela Rádio Poty. Também se envolveu com a Rádio Experimental de Comunicação (REC), ministrando oficinas e coordenando-a. Estagiou na Tribuna do Norte, iniciando o videojornalismo no portal, fazendo desde a pauta até edição e finalização. Atualmente trabalha com mídias sociais e o projeto de lojas 24 horas no ar.
 

 
Foto: Arquivo pessoal


Débora Brandão

Formada em Moda, pela Unp, e em Rádio e TV pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Participou dos projetos TV e Rádio experimental de comunicação (TEC e REC, respectivamente). Na REC ministrou oficinas e coordenou a área de produção. Ainda na faculdade despertou o interesse pela edição, onde pôde experimentar e aprender com as produções propostas pelos docentes. Recém formada  aprimorou suas técnicas em São Paulo, fazendo cursos dos programas Final Cut eAfter Effects. Trabalhou como editora de vídeos. Hoje faz seus próprios horários como free lancer

Foto: Arquivo Pessoal
Pedro Fiúza
Formado em Comunicação Social na habilitação Radialismo pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), sócio fundador e atual presidente do Cineclube Natal (desde 2005), sócio-diretor da produtora de vídeo Casa da Praia Filmes e membro da comissão seletiva do Programa Djalma Maranhão de Incentivo a Cultura.